Implantes Dentarios

0 que são implantes osseointegrados?

São uma nova geração de implantes, introduzidos a partir da década de 60, mas que só agora atingem um grau de aceitabilidade pela comunidade científica internacional. São, normalmente, parafusos de titânio introduzidos cirurgicamente nas áreas desdentadas e, sobre eles, são instalados dentes artificiais (prótese dentária).

0 que existe de mágico no titânio?

Nada. É um material usado em Ortopedia há muitas décadas. Simplesmente o titânio não sofre corrosão quando inserido no corpo humano e não apresenta fenômenos de rejeição imunológica.

E quanto à idade?

Não existe limite de idade: a partir da puberdade, qualquer pessoa pode receber implantes.

Se não tiver osso suficiente, existem maneiras de aumentar a quantidade de osso disponível?

Sim. Dever ficar muito bem claro que esses procedimentos são relativamente novos, ainda não suficientemente testados, e só devem ser empregados em casos absolutamente necessários, com total conhecimento de todos os riscos e custos por parte do paciente.

Quanto dura a cirurgia para instalar o implante?

Normalmente, entre 60 a 90 minutos. Somente em casos excepcionais esse tempo é dilatado.

Quais os riscos cirúrgicos?

Mínimos. A cirurgia é feita normalmente com anestesia local e é muito mais simples que outros procedimentos cirúrgicos odontológicos, como a extração de um dente incluso, por exemplo. 0 pós-operatório é muito bom e a maioria dos pacientes não relata qualquer incômodo maior.

A prótese é colocada imediatamente após a cirurgia?

Para os casos de próteses totais, elas são colocadas 3 ou 4 dias após a cirurgia e, em casos de próteses parciais, muitas vezes, não fica nenhum dia sem a prótese. Quase sempre são próteses provisórias, sendo substituídas depois de alguns poucos meses pelas definitivas.

A prótese fixada por implantes é melhor que as convencionais "ponte móvel" e "dentadura"?

A exemplo das próteses fixadas sobre os dentes, as fixadas sobre os implantes têm como maior vantagem não se soltarem durante a mastigação, propiciando maior conforto, segurança e eficiência.

Quanto tempo dura um implante? Qual a chance de dar certo?

Pode-se afirmar que 95% dos casos, se os implantes não forem perdidos nos do primeiros anos de uso, durarão toda a vida. Estudos demonstram que implantes de boa procedência apresentam taxas de sucesso acima de 90% no maxilar superior e, 97%, no inferior.

Do que depende o sucesso do implante?

De vários fatores, mas o principal é a observância do protocolo (planejamento completo de como e quando se faz o implante). E necessário que o profissional seja meticuloso e treinado na técnica.

Vantagens:

  • Dentes totalmente funcionais: É possível ter implantes dentários e dentes novos e totalmente funcionais.

  • Preserva a aparência facial: Quando você perde o dente inteiro - coroa e raiz - o seu maxilar pode "encolher" dando-lhe uma aparência de mais velho. Os implantes dentários ajudam a impedir esse processo.

  • Adaptação e sorriso perfeitos: Uma nova ponte ou coroa cerâmica podem ser confeccionadas para se adaptarem perfeitamente a sua boca. É praticamente impossível distinguir um dente natural de uma restauração com coroa de cerâmica.

  • Alimente-se como quiser: Os implantes são como os dentes naturais, pois se aderem totalmente ao maxilar. Isso permite que você coma todos os seus pratos favoritos com conforto e confiança.

  • Mantém a integridade dos dentes saudáveis: Com as técnicas convencionais, os dois dentes adjacentes ao dente perdido têm de ser desgastados para a colocação da ponte. Os implantes dentários geralmente eliminam a necessidade de modificar os dentes saudáveis.

  • Uma solução para toda a vida: Os implantes dentários e as pontes ou coroas de cerâmica oferecem uma solução duradoura, podendo durar, de acordo com os cuidados de higiene do paciente, para toda a vida.

  • Maior auto-estima: Com as vantagens de dentes novos e definitivos, você também ganhará mais confiança e terá melhor qualidade de vida.

Precauções em relação tratamento com implantes

  • Para todos os casos onde optamos por um implante osseointegrado necessitamos como pré-requisitos que o paciente tenha condição sistêmica compatível, isto é, ausência de doenças que contra indiquem o tratamento, e presença de osso alveolar na região da ausência dentária..

  • Os pacientes com condições médicas ou outras que possam interferir no processo de cicatrização do osso ou dos tecidos moles (p. ex., distúrbios do tecido conjuntivo, terapia com esteróides, infecções ósseas, tabagismo) devem ser cuidadosamente avaliados, com seus dentistas, em relação aos riscos em potencial e dos benefícios do uso de implantes dentários.

  • Os implantes dentários não devem ser utilizados em pacientes com quantidades inadequadas de osso residual, o qual é necessário para a colocação de implantes em tamanho e número suficiente para o suporte da respectiva carga biomecânica.

Custo

O custo da colocação de implantes dentários dependerá de vários fatores, como o número de dentes substituídos e o número de implantes que são necessários para apoiar os dentes artificiais. Alguns procedimentos adicionais (enxertos ósseos, por exemplo) poderão ser necessários antes da colocação dos implantes dentários a fim de assegurar o seu bom estado a longo prazo. Geralmente, há um custo separado para o procedimento cirúrgico e outro para a colocação dos pilares e a confecção dos dentes artificiais. Para obter uma estimativa específica dos custos, é necessário que nosso dentista faça uma avaliação. Após um diagnóstico completo, o dentista recomendará o melhor tratamento para o seu caso.


Comentários

Localização

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais
Seu aparelho tem que ter a nossa marca

Postagens mais visitadas