Aftas


O que é afta?

A afta ou estomatite recorrente é uma das doenças mais comuns que ocorrem na mucosa da boca,acometendo ,em média 20% da população .A estomatite aftosa recorrente é caracterizada pelo aparecimento de úlceras dolorosas na mucosa bucal que podem ser múltiplas ou solitárias ,e que têm caráter recorrente . O número das lesões varia de pessoa para pessoa ,como também o intervalo entre o aparecimento das aftas ,que varia desde semanas a anos.

Ardor é a palavra que melhor define a afta, um dos males que atinge 10% a 20% da população. Não se sabe ao certo qual a causa que desencadeia.

O que se sabe , é que a afta decorre de um desequilíbrio no organismo .Esse desajuste gera uma inflamação em que o sistema imunológico ataca as células da mucosa( a “pele”de dentro da boca). E nesse estágio que se forma uma úlcera de cor manteiga com a borda vermelhar, ou, simplesmente, a afta.

A lesão só ocorre dentro da boca.

É uma ferida que se manifesta nas mucosas da boca,especialmente na língua ,nos lábios e bochechas e gengiva.As feridas podem aparecer isoladas ou em grupos(estomatite aftosa) e surgir em intervalos variáveis de tempo.

Desaparecem em 7 a 10 dias ,tempo de cicatrização completa da mucosa da bucal.

Alguns fatores relacionados ao aparecimento da afta: o stress, (38%), predisposiçao genética (36%),Ingestão de alimentos condimentados ( 36%).Frutas ácidas ( abacaxi e laranja)e chocolate. Há uma hipótese para explicar o fato: “A acidez deixa a camada superficial da mucosa mais sensível ao ataque de microorganismos”.

Quais os sinais e sintomas da afta?

Algumas vezes, a afta pode ser precedida por ardência ,coceira e formigamento.Logo após, surge uma lesão avermelhada e circunscrita que ,posteriormente ,se transforma em uma úlcera arredondada com limites bem definidos ,extremamente dolorosa ,coberta por área branco-amarelada e cercada por um halo avermelhado.O tamanho e o tempo de duração das aftas depende do tipo.

Existem três tipos de aftas: as aftas menores,as aftas maiores( ou aftas de Sutton) e as aftas herpertiformes.

As aftas menores representam a forma mais comum e as lesões geralmente apresentam menos de 1,0 cm.Este tipo de afta geralmente dura de 7 a 14 dias e não deixa cicatriz. A mucosa jugal (parte interna da bochecha) e a mucosa do lábio são as regiões mais acometidas.A ocorrência de aftas na gengiva e no palato duro (céu da boca) é extremamente raro.

Os outros tipos de afta (maior e herpertiforme) são mais raros.A forma herpetiforme é assim chamada porque se assemelha à manifestação do vírus herpes simples,apresentando um grande número de pequenas ulcerações superficiais arredondadas e agrupadas ,que duram cerca de 7 a 14 dias. A afta maior,como o nome indica,produz ulceração maior ,medindo de 1,0 a 3,0 cm ,é mais profunda ,mais dolorosa ,mais difícil de tratar e permanece semanas ou, às vezes, meses.

Qual a causa da afta?

Os mecanismos que levam ao aparecimento das aftas ainda não foram totalmente esclarecidos. As evidências, no entanto, apontam para uma destruição da mucosa da boca pelo sistema imune. Muitas causas têm sido apontadas para esta ativação do sistema imune, o que inclui alergia, trauma, predisposição genética, stress, influências hormonais, entre outras. Em adição, pacientes com AIDS apresentam um aumento da freqüência do aparecimento de formas severas de aftas.

Outras doenças podem se assemelhar às aftas?

Sim. O câncer de boca (carcinoma de células escamosas) pode se apresentar semelhantemente a uma simples afta. Por isso, se você apresentar uma úlcera na boca que não cicatrize dentro de 15 dias, procure um estomatologista para o correto diagnóstico da lesão. Outras doenças, como a infecção pelo vírus herpes simples e algumas doenças dermatológicas que apresentam manifestação bucal, como o líquen plano, o lupus eritematoso, o pênfigo e o perfigóide também podem se assemelhar às aftas, especialmente para o leigo. Além disto, certas doenças sistêmicas têm sido associadas ao aparecimento de ulcerações semelhantes clínica e microscopicamente às aftas que aparecem em indivíduos saudáveis, como a síndrome de Behçet, onde a pessoa apresenta ulcerações na boca (aftas), ulcerações em genitália e inflamação crônica ocular.

Tem algum problema em queimar as aftas com formol?

Algumas pessoas têm o hábito de aplicar formol para aliviar a dor das aftas. Esta conduta deve ser evitada, já que estes produtos retardam a cicatrização, pois destroem o tecido da região e fazem parar a dor porque as terminações nervosas também são destruídas. O que acontece é a substituição da afta por uma queimadura química.

Como o laser atua no tratamento das aftas?

O Laser atua promovendo redução da sintomatologia dolorosa e provoca rapidez na reparação da lesão .

Além de ser possível realizar protocolos preventivos nos casos de aftas e herpes.


Fonte APCD

Comentários

Localização

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais
Seu aparelho tem que ter a nossa marca

Postagens mais visitadas