Agende Sua Avaliação

Pesquisar este blog

Localização

Nova Marca Orthodontic

sexta-feira, 3 de agosto de 2007

30 Motivos para voce ir ao Dentista

1- Manter a saúde do corpo:
uma boca bem cuidada reflete na saúde de todo o corpo. Uma má mastigação ou mesmo uma mordida errada podem ocasionar desde dores de cabeça até problemas cardíacos.


2- Reconquistar a auto-estima: manter um sorriso saudável e harmonioso é uma boa maneira de você ficar bem consigo mesma. Gostando mais de sua aparência, você estará mais segura para enfrentar a vida.


3- Prevenção:
prevenir cáries, doenças periodontais e mau hálito evita problemas futuros no cuidado com os dentes e gastos em longos tratamentos. Um check up periódico não deixa que os problemas se avolumem.


4- Manter os dentes limpos:
uma higienização bem feita depende da escovação dos dentes e da língua, do uso de fio dental, de anti-sépticos bucais e de escova lingual, garantindo a não-formação da placa bacteriana, de cáries e tártaro.


5- Substituir restaurações:
suas antigas restaurações (conhecidas como obturações) feitas em amálgama, aquele material na cor prata, podem ser substituídas por resinas mais atuais que são imperceptíveis e duradouras.


6- Colocação de prótese:
os implantes e as próteses possibilitam a substituição de um ou mais dentes perdidos.


7- Endireitar os dentes:
dentes tortos, além de serem esteticamente feios, diminuem o rendimento mastigatório, causam dores de cabeça e ouvido, prejudicam a fonética, entre outros problemas.


8- Perder o medo:
dentista não é mais sinônimo de dor. Hoje, o tratamento dentário é muito mais eficaz, rápido e indolor com a tecnologia disponível nos consultórios.


9- Evitar problemas cardíacos: quase ninguém sabe, mas as bactérias do tártaro dental podem atacar o coração. A endocardite bacteriana, um tipo de problema cardiológico decorrente de processos infecciosos, pode ter origem na cavidade oral e causar a proliferação de bactérias nocivas ao organismo.


10- Não ter dor de dente:
a melhor solução para a dor de dente é a prevenção. Visitas periódicas ao dentista, mesmo sem a existência de qualquer sintoma, podem detectar o problema desde cedo, garantindo o sucesso do tratamento.


11- Incentivar seus filhos:
as crianças devem freqüentar desde cedo o dentista. Dessa maneira, elas mantêm a saúde bucal e criam o hábito, combatendo a “odontofobia”.


12- Ter um sorriso invejável: um sorriso bonito rejuvenesce as feições, aumenta auto-estima, melhora a fonética e te deixa linda aos olhos de todos.


13- Fugir do mau hálito:
90% das causas do mau hálito estão na boca. Escovar os dentes e a língua é essencial para manter um bom hálito. Visitar o dentista duas vezes ao ano também pode evitar uma situação desagradável.


14- Deixar os dentes brancos:
já existem muitas técnicas para clarear as diversas manchas nos dentes. O seu dentista irá realizar o tratamento indicado para o seu caso. São técnicas que vão desde raspagens e polimento até o uso de laser.


15- Mastigar melhor:
mastigar bem não quer dizer mastigar muito. A perda de dentes, dentes tortos, sensibilidade nas gengivas, próteses frouxas ou falta de obturações podem ser responsáveis pela má mastigação. A boa mastigação minimiza ou elimina problemas futuros no aparelho digestivo, além de te deixar muito disposta.


16- Acabar com a sensibilidade:
a solução para aquela sensibilidade que impede de tomar um café ou um sorvete está no seu dentista. Procure-o no dia em que a sensibilidade estiver se manifestando mais para que possa identificá-la melhor.


17- Evitar constrangimentos
em público:
conviver com pequenos defeitos não é fácil. Para evitar constrangimento e vergonha de aparecer em público, procure o dentista para eliminar problemas como dente torto, escuro, com manchas, diastema e outros.


18- Não roncar:
o ronco incomoda o seu sono e quem está do seu lado. A intervenção do dentista nesses casos não é definitiva, mas ajuda a eliminar o zumbido. A técnica trata-se de colocação de uma placa que permite um sono mais leve e impede o desgaste dos dentes.


19- Tirar o siso:
um incômodo para muitas pessoas é o dente do siso, o terceiro molar que costuma nascer próximo da maioridade e pode provocar muita dor. Para evitar problemas futuros, como prejuízo aos dentes vizinhos, é aconselhável sua retirada


20- Limpar a fundo:
mesmo realizando a higiene bucal diariamente, existem lugares que a escova não alcança, acumulando placa na gengiva e entre os dentes. Para realizar uma limpeza mais a fundo, o seu dentista irá realizar a técnica de profilaxia (limpeza embaixo das gengivas).


21- Prevenir o câncer bucal: exames periódicos ajudam a identificar pequenas lesões que, se não tratadas, poderão evoluir para alguma forma de câncer.


22- Aplicar flúor:
A fluoração nos dentes ajuda na prevenção contra o surgimento de cáries.


23- Acabar com a
dor de cabeça:
problemas bucais podem estar relacionados a dores de cabeça.


24- Tratar canal:
o canal, que é o espaço ocupado pela polpa dentária radicular, deve ser tratado quando uma cárie atinge a região. O canal só dói se não-tratado, caso contrário, a dor será intensa.


25- Corrigir maus hábitos:
em conversa com o seu dentista, ele identificará seus maus hábitos, como morder os lábios, roer unhas ou mastigar canetas, mostrará os malefícios dessas atitudes e estimulará a desvincular-se deles.


26- Tratar cáries:
tratar cáries assim que elas surgem evita procedimentos mais dolorosos como tratamentos de canal e das gengivas.


27- Curar aftas ou herpes:
o tratamento das aftas impede que elas se alastrem. Caso contrário, podem se tornar dolorosas e serem passadas em forma de infecção herpética ou lesões persistentes.


28- Para avaliar sangramentos gengivais: gengivas sadias são garantias de dentes bons por muitos anos. E elas podem ser conquistadas com a higienização oral completa. No caso de ser conseqüência de alguma doença, o dentista irá indicar um especialista.


29- Melhorar a respiração bucal: respirar pela boca pode ser conseqüência de desvio de septo, adenóide ou amígdalas. Resolvendo o problema, além das vantagens estéticas, haverá melhora fonética e do próprio aparelho respiratório.


30- Corrigir a linha do sorriso: um sorriso bonito depende de dentes e gengivas bem cuidados. Algumas alternativas ajudam a deixá-lo invejável: reposicionamento dos dentes para dentro, diminuição ou aumento da gengiva, mudança no formato dos dentes.



Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails