O Mau Hálito Pode ser Um Indicador de Diabetes


diabetes é uma doença que acarreta o aumento da glicose no sangue (glicemia). A diabetes tipo 1 é de origem genética, já no diabetes tipo 2 essas alterações são associadas ao sedentarismo e obesidade.
Segundo informações do site Minha Vida, a alteração dos níveis de glicose prejudica a saúde e o diagnóstico rápido pode evitar danos maiores à saúde. Porém o diabetes é uma doença silenciosa e os enfermos muitas vezes não reconhecem seus sintomas como: visão turva, sonolência, dores, câimbras, formigamentos e dormências dos membros inferiores, debilidade orgânica, indisposição para o trabalho, desânimo, cansaço físico e mental, disfunção erétil e hálito cetônico.

O hálito cetônico é comum entre os diabéticos, se caracteriza por um odor semelhante ao cheiro de maçã velha, e costuma vir acompanhado de doenças periodontais.
Como este pode ser um dos primeiros sintomas da doença, fazer visitas rotineiras ao dentista pode ajudar, se o profissional detectar este indício irá encaminhar o paciente ao médico para confirmar o diagnóstico.

É importante ficar atento a sinais como sangramento da gengiva (durante a escovação, uso do fio dental ou até espontaneamente). Além disso, os diabéticos devem realizar acompanhamento periodontal, pois as infecções elevam o nível de glicose, a diabetes causa dificuldade de cicatrização e aumenta a predisposição de contrair infecções.

Também é imprescindível que, toda pessoa que sabe que sofre com o diabetes tenha outros cuidados como:

Cuidar da higiene bucal cuidadosamente, usando fio dental e raspador de língua

Fazer uma avaliação com o dentista no mínimo a cada seis meses e avisar ao dentista que é diabético e os medicamentos que toma

Fazer uma limpeza profissional pelo menos duas vezes ao ano

Manter o nível de glicemia equilibrado.


Fonte: Catraca Livre

Comentários

Localização

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais
Seu aparelho tem que ter a nossa marca

Postagens mais visitadas