15 Mitos e Verdades Sobre o Aparelho Dental


Quando uma pessoa recebe o diagnóstico de que terá que usar aparelho ortodôntico, várias questões vêm à cabeça. Será que vai doer muito? Como vou ficar? Por quanto tempo terei que usá-lo? Vou ter que mudar meus hábitos alimentares?

Aparelho ortodôntico funciona mais na dentição permanente 
Mito. Não existe a questão de funcionar melhor ou pior na dentição permanente ou decídua (“leite”). O tratamento ortodôntico quando bem indicado e na fase correta terá sucesso e podemos separá-los em preventivo e corretivo. O preventivo é indicado na dentição decídua ou mista, quando diagnosticamos precocemente um problema e conseguimos tratá-lo de uma maneira não tão radical. O corretivo já está vinculado à dentição permanente.

Você terá melhores resultados se usar o aparelho na infância 
Verdade. Se for a questão do tratamento preventivo. Um bom exemplo em que esse tratamento funciona melhor é em problemas de muita falta de espaço, mordida cruzada ou aberta.

Aparelhos precisam de cuidados especiais 
Verdade. É preciso ter mais atenção na hora da escovação. É normal que ela se torne mais demorada e detalhada para evitar acúmulo de comida, afinal, com o aparelho é mais fácil ficar resíduos nos cantos dos dentes ou entre eles. E também é preciso atenção com o que se come e como se come.

Quem usa aparelhos ortodônticos não pode comer alimentos como amendoim, pipoca, manga 
Mito. É permitido comer de tudo contanto que se saiba comer. É tudo uma questão de jeitinho, porque se for de qualquer jeito você pode quebrar alguma peça do aparelho.

Usar aparelhos ortodônticos é sempre muito doloroso e demora demais para se conseguir resultados 
Mito. É comum sentir um pouco de dor no início por não estar acostumado com o tratamento, pois de fato é aplicada uma força que será responsável pela movimentação dos dentes. Mas hoje se sabe que não adianta forçar demais, pois força em excesso faz mal para o organismo, uma vez que ele precisa de um tempo de reparação a cada movimento. E o tempo médio de tratamento costuma ser dois anos, o que não é considerado um período muito longo.

Aparelho estético é menos eficiente. 
Mito. É tão eficiente quanto o comum.

Depois de um tempo sem o aparelho é possível os dentes voltarem a ficar tortos. 
Verdade. A oclusão (relação de mordida entre a arcada dentária superior e inferior) não é estática, ela está sempre em movimento. Por isso a importância do aparelho contenção. Se a pessoa usou aparelho ortodôntico por dois anos, ela precisará ficar mais dois anos com a contenção para que o osso e os ligamentos periodontais entendam e memorizem qual é o lugar deles agora.

Quanto mais apertado o aparelho, mais eficiente 
Mito. Força demais não tem nada a ver com o tratamento. Já falamos que ela em excesso pode até prejudicar a arcada dentária e os dentes.

Quem usa aparelho ortodôntico apresenta dificuldade para falar 
Verdade, no começo. Existem pessoas que estranham muito os aparelhos no início por conta da nova posição dos lábios e sentem uma dificuldade para falar, mas, depois de um tempo, todo mundo acostuma.

A manutenção do aparelho só pode ser feita no consultório 
Verdade. Só o ortodontista sabe como deve ser feita a manutenção do aparelho.

Quem usa aparelhos tem mais propensão a atrair raios 
Mito. Não há registros de acidentes com raios causados pela utilização de aparelhos.

Aparelhos ortodônticos são todos iguais e servem para a mesma coisa 
Mito. Eles variam no tamanho, angulação e profundidade do slot (área que aloja o fio ortodôntico). Podem ser metálicos ou estéticos.

A cola que segura os braquetes mancha os dentes 
Mito. As “colas”, que na realidade chamam resinas, são especiais para tratamentos ortodônticos. O que mancha os dentes é a falta de escovação.


Fonte: Terra

Comentários

Localização

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais
Seu aparelho tem que ter a nossa marca

Postagens mais visitadas