Agende Sua Avaliação

Pesquisar este blog

Localização

Nova Marca Orthodontic

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Higienização do implante dentário

Higienização do implante dentário:


Principalmente a higienização pós-cirúrgica deve ser cuidadosa e realizada com clorexidina e uma escova com cerdas ultramacias do tipo megasoft com apenas 0,06 de diâmetro.

escova 1024
Estima-se que no Brasil há mais de 50 milhões de pessoas sem um dente, pelo menos. Por esta razão, a implantodontia já é considerada uma das especialidades mais comuns na odontologia, inclusive, impulsionada pelo constante aperfeiçoamento de técnicas, produtos e equipamentos. Porém, diferentemente do que muitos pacientes imaginam, os implantes também devem receber cuidados rigorosos quanto a sua higienização, pois pode haver o surgimento de doenças peri-implantares, comprometendo o implante e a saúde em geral.
O Especialista, Mestre e Doutor em Odontologia pela USP e professor da Universidade Anhanguera-Uniban, Dr. Hugo Lewgoy, explica que é um mito imaginar que os implantes são mais resistentes do que os dentes em relação às doenças relacionadas com o biofilme oral, também chamado de placa bacteriana. “Na realidade, a formação da placa bacteriana sobre os implantes não difere da placa formada sobre as superfícies dentais naturais. A formação da placa pode ser influenciada pela superfície lisa dos implantes, porém não existe nenhuma evidência de que esta diferença possa prevenir o aparecimento das doenças peri-implantares de origem biológica”, alerta Lewgoy.
É fundamental, portanto, o estabelecimento de uma rotina disciplinada para a higienização de implantes, pois, da mesma forma que os dentes naturais foram perdidos, pode ocorrer o mesmo com os implantes dentais. Existem no mercado escovas de formas e tamanhos variados de diversas marcas, nacionais e importadas. Todavia, poucas se preocupam em oferecer produtos específicos para a higienização oral após a realização de um implante.
“Para ser utilizada, sobretudo, no pós-operatório, a escova dental deve possuir cerdas do tipo megasoft, cabeça pequena e compacta e que faça a desorganização da placa bacteriana de forma extremamente suave nas regiões recém-operadas. O ideal, também, é que essa escova específica seja utilizada em conjunto com a clorexidina, ou seja, um agente anti-infeccioso que apresenta uma baixa toxicidade e é amplamente utilizado sob as formas de antissépticos a 0,12% ou 0,2%, um item obrigatório para os profissionais que realmente se preocupam com a saúde e o conforto dos pacientes”, informa o especialista.
Uma das poucas opções de escova dental disponível no mercado brasileiro específica para o uso de quem possui um ou vários implantes odontológicos, é a escova Suíça CS Surgical da Curaprox. De acordo com a empresa fabricante do produto, essa escova possui cerdas megamacias com fibras de Curen® com apenas 0,06 milímetros de diâmetro (o menor diâmetro do mundo para cerdas) e extremidades arredondadas. “Devo lembrar, também, que a higienização do implante pode ser complementada com a utilização de escovas interdentais do tipo Prime e Soft Implant, que possibilitam a higienização da região proximal sem traumatizar os tecidos e os implantes”, conclui.




Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails