Troca de Restauraçoes

















A troca de uma restauração metálica por uma estética (restauração branca) que ocorre por fratura da restauração pré-existente ou por reincidência da cárie, pode ser feita sem dúvida.

Por outro lado, quando pretende-se trocar uma restauração metálica em bom estado por motivo exclusivamente estético, outros fatores devem ser considerados.

Os materiais utilizados para a troca de uma restauração podem ser, em princípio, a cerâmica (porcelana) e as resinas compostas.

A restauração de cerâmica pode ser executada somente no caso em que o cirurgião-dentista prepara o dente, molda e um técnico de laboratório executa, sobre o modelo o trabalho final. A peça resultante é cimentada no local pelo dentista.

A restauração de resina composta tanto pode ser usada como nos procedimentos para a restauração de cerâmica, como também aplicada pelo cirurgião-dentista diretamente sobre o dente do paciente, em uma única sessão.A troca de restaurações não implica, necessariamente, num desgaste maior do dente. Normalmente a cavidade obtida após a retirado do material antigo já é compatível com o novo material restaurador.

As técnicas restauradoras estéticas atuais são relativamente novas, de forma que a durabilidade está sendo constada pelo acompanhamento clínico, com exelentes resultados. Contudo, a durabilidade depende ainda de outros fatores relacionados com o cirurgião-dentista e com o paciente.

Dentes manchados por restauração de amálgama podem ser corrigidos em grande parte com a troca por restaurações estéticas.

Comentários

Localização

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais
Seu aparelho tem que ter a nossa marca

Postagens mais visitadas