Dentes do Siso


Geralmente estes dentes, conhecidos pelos dentistas por terceiros molares, sofrem erupção, ou seja, "nascem", por volta dos 17 aos 20 anos de idade.

O dente do siso não está presente em todas as pessoas, algumas vezes porque a pessoa não tem o germe deste dente e outras vezes porque ele não erupcionou por falta de espaço na arcada dental ou por estar na posição "errada" dentro do osso.

Se o terceiro molar permanecer dentro do osso, ele pode produzir reabsorções de dentes vizinhos, transtornos dolorosos ao paciente e possíveis lesões císticas.

Mas se o dente erupcionar parcialmente ele pode vir a gerar um quadro infeccioso inflamatório, que é conhecido por pericoronarite e tal quadro gera muita dor para o paciente, além de inchaço, mau odor e irritação local.

Além de todos estes itens, estes dentes ainda podem ser responsáveis por fortes dores faciais e enxaquecas por comprimir os feixes nervosos , na dependência da sua posição dentro dos ossos maxilares.

Por ser responsável por tantos inconvenientes, estes dentes são geralmente extraídos, mesmo sendo dentes íntegros, ou seja, inteiros e sadios.

Os dentes do siso devem ser extraídos quando os mesmos estiverem causando dor ou inflamação, quando o espaço não for suficiente na arcada dentária para a correta erupção dos mesmos ou quando estiverem mau posicionados dentro do osso.

Para maiores informações procure seu dentista, e não se esqueça de escovar os dentes sempre após as refeições e antes de dormir.

Duvidas Frequentes

Quantos dentes do siso existem?

Salvo algumas exceções, a maioria das pessoas apresentam 4 dentes do siso

\dois superiores, sendo um direito e um esquerdo, e dois inferiores, também direito e esquerdo.

Em que idade eles normalmente erupcionam?

A erupção ocorre normalmente dos 17 aos 20 anos; portanto, são os últimos dentes da dentição a eruipcionar.

Todo mundo tem o dente do siso?
Não.
Quando a gengiva do dente do siso que está erupcionando inflama, o que fazer?

Deve ser feita a remoção do tampão gengival que cobre parcialmente a superfície dental (ulectornia) ou a curetagem gengival, ambos realizados pelo profissional. O paciente, para melhorar esse quadro inflamatório, poderá realizar higiene oral rigorosa no local; bochechos com anti-sépticos bucais podem amenizar o quadro, mas, para resolver o problema, o paciente deverá procurar um cirurgião-dentista

É verdade que o dente do siso empurra os outros dentes, provocando mudanças de posição?

Há duas correntes: a primeira diz que, se houver espaço suficiente para a erupção do siso e o paciente não tiver tendência a apinhamento (mudança de posição), não haverá problemas; já a segunda diz que, se o espaço for insuficiente e o paciente, submetido à ortodontia e com tendência apinhamentos, ou mesmo, só submetido à ortodontia, mas com a mesma tendência, poderá te problemas futuros, como o apinhamento de dentes

Por que às vezes eles não erupcionam?

Porque algumas pessoas não possuem mesmo o dente do siso (germe dental); às vezes, não erupcionam por falta de espaço na arcada dental, ou ainda, pela posição horizontal do dente, o que dificulta a sua irrupção.

O que acontece se ele ficar dentro do osso (não erupcionar)?

Pode produzir reabsorções de dentes vizinhos, transtornos dolorosos ao paciente e possíveis degenerações (lesões císticas).

O que acontece se ele erupcionar parcialmente?

A erupção parcial ocorre geralmente por falta de espaço na arcada ou pela posição horizontal do dente. Ambos os casos dificultam a erupção, ocorrendo, dessa forma, a erupção parcial do siso. Esse quadro pode provocar gengivites (inflamação da gengiva), abscessos na região, irritação local, dor e edema.

Quando é indicada a extracão do siso?

A sua extração está indicada na ausência de espaço para a erupção, no posicionamento horizontal do siso, nos quadros de dor e quando se inicia a erupção e esta não se completa, ou seja, há erupção parcial do siso. Quando se faz a extração de um siso, provavelmente terá que ser feita a extracão de ambos os sisos do mesmo lado isto é do superior e do inferior.

É possível que em alguns casos os dentes do siso (ou do juízo) nem cheguem a nascer, ficando assim incluso ou apareça só uma parte, chamado de semi incluso. O dente do siso por ser um dente de difícil higienização, facilmente poderá ser acometido por cáries e gerar problemas gengivais, devido a facilidade de reter os alimentos, podendo comprometer também os dentes vizinhos. Por ficar semi erupcionado, pode inflamar o tecido (capuz pericoronário), que cobre parcialmente esse dente, inflamação essa chamada de pericoronarite. Isso provoca dores bastante fortes, exigindo atendimento profissional para remoção dessas dores. Assim sendo, nos casos de dentes incluso ou semi incluso, eles devem ser retirados. Obs: chamamos de dentes do siso impactado, quando alguma coisa, como um cisto, osso muito compacto, dentes vizinhos ou principalmente falta de espaço, impediram o nascimento normal desses dentes. Esse problema pode acontecer com qualquer dente.


Fonte APCD

Comentários

Localização

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais

Saiba tudo sobre Aparelhos Dentais
Seu aparelho tem que ter a nossa marca

Postagens mais visitadas